Formulário de busca

03/08/2018 - 20:58

ANS aprova plano de recuperação da Caarj

ANS aprova plano de recuperação da Caarj

 

Segundo diretor da Caixa, medida é emblemática e sinaliza que o caminho de reestruturação da entidade é acertado

 

Coroando o trabalho de reestruturação da entidade, a Caarj teve seu plano de recuperação aprovado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no último mês. Ações como a parceria com a Unimed-Rio, a renegociação das dívidas e a reorganização administrativa da Caixa foram bem vistas pela agência reguladora e restabeleceram a credibilidade da instituição junto aos órgãos competentes.

 

Segundo o diretor da Caarj José Antônio Galvão de Carvalho, a medida é emblemática e sinaliza que as escolhas da equipe para reerguer a Caixa foram consideradas acertadas. "Estamos no caminho certo. Desde 2007, procuramos regularizar a situação da instituição e de seu então plano de saúde, o Plasc, pois o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que todas as operadoras de planos de autogestão, o que era o caso do Plasc, deveriam ser submetidas à ANS", afirma ele.

 

Após a apreciação do órgão, a Caarj foi reclassificada pela agência reguladora para a categoria de medicina de grupo, o que permitiu contratar a rede da Unimed.

 

De acordo com plano de recuperação apresentado, a Caarj pagará seus credores em até 24 meses. "A ANS acompanhará todo esse processo, como é usual, e estamos otimistas quanto à plena  concretização do planejamento", observa Galvão.

 

Recentemente, a ANS divulgou o ranking dos planos de saúde e a Unimed-Rio está entre as melhores operadoras, enquanto o antigo Plasc da Caarj está entre os piores.  Os associados ganharam com a mudança, já que agora têm uma maior variedade de médicos, serviços hospitalares e de diagnóstico. E a satisfação com o novo plano foi comprovada por recente pesquisa feita pela empresa. Segundo a consulta, 74% dos usuários se dizem "muito satisfeitos" ou "satisfeitos" com o atendimento prestado pela Unimed.

 

Principais pontos do projeto em implantação

 

- Celebração de contrato com a Unimed-Rio, pelo qual a empresa passou a prestar serviços de cobertura assistencial aos beneficiários da Caarj sem transferência da carteira de associados.

 

- Renegociação da dívida com a rede credenciada. O endividamento total foi reduzido em 33,57% no período de 13 meses.

 

- No período de fevereiro de 2008 até julho de 2009, o endividamento bancário sofreu uma redução efetiva de 92,45%, desonerando a Caarj dos altos juros.

 

- No mesmo período, as despesas e encargos com pessoal sofreram uma redução de 74,87%. A totalidade dos ex-funcionários foi devidamente indenizada de acordo com as leis trabalhistas.

 

- Eliminação, durante os exercícios de 2008 e 2009, de atividades operacionais deficitárias. A partir de agosto de 2008, foi firmado o plano odontológico com a Golden Cross, o que possibilitou a desativação dos centros odontológicos altamente deficitários. Já em outubro do mesmo ano, foi feita a parceria das livrarias da Caarj com a Revista dos Tribunais (RT), que paga 1,5% de royalties sobre o faturamento das lojas.

Outra parceria foi fechada com a OTX Óticas Comércio Ltda, que paga à Caixa 1,5% de royalties pelo uso da marca.

 

- Redução das despesas administrativas, através de redução de quadro de pessoal, renegociação de contratos de serviços terceirizados etc.

 


Abrir WhatsApp