Formulário de busca

03/08/2018 - 20:58

Livro de cabeceira

Livro de cabeceira

 

Flávio Ahmed*

 

"Um dos meus livros de cabeceira é Fernando Pessoa - Obras em prosa, que reúne lições lapidares de política, estética, filosofia, com a mesma escrita fluida que matiza seus poemas. São cartas, contos, ensaios e até textos sobre comércio, além de suas reflexões sobre os heterônimos. Não posso deixar de citar outro livro que tem muito a dizer sobre os dias atuais: A sociedade do espetáculo, de Guy Debord. A obra traduz uma compreensão sobre a nossa sociedade e sobre o nosso tempo em que as formas de representação vão se descolando dos valores mais caros ao ser humano." Presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/RJ

 

 

Cartórios de protesto

 

Coordenado por Alkimar R. Moura, o livro reúne textos de quatro autores que fazem uma análise dos aspectos jurídicos e econômicos dos cartórios de protesto, cujas funções são reconhecidas no mundo dos negócios, mas pouco comentadas. Carolina Mota, Flavia Portella Püschel, Lauro Gonzalez e Viviane Muller Prado assinam os ensaios do volume, publicado pela FGV Editora. Mais informações pelo telefone 0800-217777 ou no site www.fgv.br/editora.                                                      

 

 

Reforma sindical

 

Organizado pelos professores Carlos Henrique Horn e Sayonara Grillo Coutinho Leonardo da Silva, Ensaios sobre sindicatos e reforma sindical no Brasil procura diminuir a carência de reflexão sobre as relações de trabalho, sobretudo em âmbito nacional, através de sete textos que detalham os principais aspectos do tema. A publicação é da editora LTR. Mais informações (11) 3826-2788 ou no site www.ltr.com.br.

 

 

 Direito Ambiental

 

Coordenado por Rogério Rocco e Ronaldo Coutinho, O Direito Ambiental das cidades traz um conjunto de reflexões sobre a sustentabilidade dos municípios brasileiros. O livro, que chega à segunda edição, é uma coletânea de textos de autoria de acadêmicos, mestres, professores e militantes de organizações ecológicas sobre o desafio de gerir cidades de forma eficaz, mas com respeito ao meio ambiente. Além disso, a obra inclui informações sobre o Direito Ambiental em geral e sobre as políticas públicas municipais na área. A publicação é da editora Lumen Juris. Mais informações pelo telefone (21) 2531-2199 ou no site www.lumenjuris.com.br.

 

 

Dois olhares sobre o papel da polícia

 

Os limites para a atuação da polícia no Estado Democrático de Direito são analisados em duas diferentes e recém-lançadas obras, que tratam desde a evolução histórica das instituições policiais até seu atual sucateamento. Em A Polícia no Estado de Direito, Antônio Francisco de Souza busca compreender como devem ser a organização e o funcionamento da polícia em um regime democrático, no qual precisam ser respeitados os direitos e liberdades dos cidadãos. Já em Atividade policial - Aspectos penais, processuais penais, administrativos e constitucionais, Rogério Greco prioriza o ponto-de-vista dos policiais, destacando como é complexo manter um trabalho de qualidade quando não há recursos voltados para a polícia. Dividida em três partes, a obra fala sobre o dia-a-dia dos agentes, oferecendo noções de como essa atividade pode ser exercida nos moldes do Estado Democrático de Direito. Mais informações sobre A polícia no Estado de Direito pelo telefone (21) 2577-9494 ou no site www.saraivajur.com.br; e sobre Atividade policial pelo telefone (21) 2621-7007 ou no site www.editoraimpetus.com.br.

 

 

Direito do Trabalho

 

Publicada pela GZ Editora, a segunda edição do livro Curso do Direito do Trabalho presta uma homenagem a Arion Sayão Romita e detalha, em mais de 900 páginas, os principais ensinamentos da área trabalhista, desde os fundamentos históricos do Direito do Trabalho e até a flexibilização das normas trabalhistas e a terceirização de serviços. O projeto foi coordenado por Gustavo Adolpho Vogel Neto. Mais informações pelo telefone (21) 2240-1406.

 


Abrir WhatsApp