Formulário de busca

03/08/2018 - 20:57

Comissão de Direitos Humanos terá núcleo contra discriminação racial

Comissão de Direitos Humanos terá núcleo contra discriminação racial

 

A OAB/RJ criou, no dia 5 de agosto, um núcleo para tratar de assuntos relacionados à discriminação racial e os direitos dos negros, que funcionará em conjunto com a Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Seccional. A medida foi anunciada em reunião entre o presidente da Seccional, Wadih Damous, e o grupo de advogados que propôs a iniciativa.

"Queremos que a OAB/RJ junte-se a todas as entidades que lutam contra a concepção hipócrita de que a divisão racial não existe no país. Nós, do movimento negro, temos a consciência de que o conceito de raça não existe, de que nós pertencemos à raça humana. Mas não podemos negar as pesquisas de órgãos como o IBGE, por exemplo, que comprovam a existência de uma divisão, e nós devemos lutar contra ela", enfatizou Marcelo Dias, um dos integrantes do núcleo.

 

Segundo Wadih, as portas da Ordem sempre estarão abertas para os movimentos sociais, e no caso da luta contra a discriminação racial não seria diferente. "Com exceção de um período em que um determinado grupo esteve encastelado aqui, trabalhando de uma forma que não fez jus à história da OAB/RJ, esta entidade sempre esteve à frente das principais lutas da sociedade e eu me sinto herdeiro dessa tradição combativa", afirmou.

 

De acordo com ele, o funcionamento de um núcleo voltado especificamente para os problemas de discriminação racial é um avanço natural da Comissão de Direitos Humanos, assim como já foram a criação de comissões sobre os direitos das mulheres e das pessoas com deficiência. "Hoje vejo os direitos humanos como um conteúdo muito amplo e, atuando em conjunto com a CDH, esse núcleo vai ajudar a pôr em discussão o tema, que é muito relevante", ressaltou o presidente.

 


Abrir WhatsApp