O Comitê Gestor Regional do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho lançou o manual da versão 2.5.5 do sistema Processo Judicial eletrônico (PJe), que entrará em vigor no início da próxima semana – o funcionamento do sistema será interrompido das 16h da próxima sexta, dia 17, até às 23h59 de domingo, 19, para a atualização.  A versão traz novidades importantes, como a possibilidade de impressão dos alvarás e a correção na falha para a visualização de documentos sigilosos. 

Demanda dos bancos, a impressão dos alvarás e outros documentos será possível na página de “Verificação de autenticidade de documentos”. Já o problema sanado diz respeito ao polo “Outros participantes”. Nele, documentos que estavam sob sigilo, mesmo quando era concedida a permissão de visualização para os advogados, falhavam para serem abertos. Um outro ponto alterado na atualização do sistema foi a volta do tipo de petição “Parecer do Ministério Público do Trabalho”, disponível para os procuradores. 

Durante o período de inatividade do PJe-JT para sua atualização, o módulo “Consulta processual” estará indisponível. A pausa, afirma o Comitê Gestor, afetará os processos em trâmite no 1º e no 2º Graus. Por isso, após o retorno do sistema os colegas podem obter a certidão de indisponibilidade no link disponibilizado pelo tribunal. 

 Algumas outras alterações relevantes trazidas na versão 2.5.5 do PJe são: o retorno do reagendamento de publicações em lote; a criação de botão para baixa dos documentos que vieram de outra instância; a colocação de prazo “0” na intimação automática e possibilidade de contagem do prazo em dobro para os entes públicos; a troca da organização dos expedientes (expedientes realizados pelas Turmas aparecerão para impressão na Turma e não mais no Gabinete); troca do agrupador “Plantão” por “Aguardando prazo”; entre outras correções.