Em reunião na Secretaria de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro (Sefaz), o tesoureiro da OABRJ, Marcello Oliveira, buscou estreitar laços entre as duas entidades e simplificar o processo para a advocacia utilizar os serviços da secretaria.

"Uma parte muito grande da advocacia está migrando para o setor administrativo, e cada vez mais os advogados estarão presentes nos órgãos do Executivo", afirmou Marcello, que discutiu propostas e possíveis soluções com o secretário de Fazenda do Estado, Nelson Rocha. "Quanto mais pudermos mostrar aos advogados que existem canais na secretaria em que eles serão acolhidos na representação de seus clientes, melhor será o cenário".

"A secretaria tem buscado atender os contribuintes adequadamente e criamos canais virtuais para a resolução de questões relativas ao Imposto de Transmissão e Doação (ITD), que devem se estender a outros impostos", afirmou o secretário.  "Poderíamos criar uma solução específica para a advocacia, inclusive ajudando a OABRJ na fiscalização de petições", destacou.

Os dois se comprometeram a estudar melhorias e colaborar em questões como a simplificação do processo de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o lançamento do novo portal do ITD e a criação de canais como um balcão virtual para atender às necessidades da advocacia do Rio de Janeiro.