Com a aproximação de dois grandes marcos do processo eletrônico do Tribunal de Justiça - a implantação total do PJe nos Juizados Especiais Cíveis do estado até 30 de setembro e o desligamento do DCP (Portal Legado) em 19 de setembro, deixando no ar apenas o Novo Portal - a Diretoria de Inclusão Digital e Inovação da OABRJ vai realizar um “intensivão” de capacitação da advocacia neste mês.

Serão diversas turmas – inclusive aos sábados - dos cursos online “Navegando no Novo Portal TJRJ” e “Navegando no PJe do TJRJ”.  Haverá oportunidade até mesmo para quem ainda precisa dar os primeiros passos no  ambiente digital das diversas áreas da Justiça Estadual com o módulo “Informática Básica para o Processo Eletrônico”. Todas as aulas serão ministradas pela plataforma de videoconferência Webex Meetings. Algumas subseções também se mobilizaram e integram a ação de capacitação intensiva com a participação dos presidentes locais. Veja o calendário no Painel de Eventos.

“A pandemia havia diminuído o ritmo da implantação do PJe nos JECs. A comarca de Maricá serviu de piloto. A marcha de expansão do PJe nos juizados percorreu o interior do estado e agora chega aos da Capital. Enquanto capacita a classe, a OABRJ continua atuando junto ao TJRJ para viabilizar que essa migração leve em conta os interesses da advocacia”, garante a diretora de Inclusão Digital e Inovação, Maria Luciana Pereira de Souza.

'Novo Portal' do TJRJ: menos palavras, mais ícones


O advogado Alexandre Matos, que também é integrante da Diretoria de Inclusão Digital e Inovação e está com Maria Luciana na linha de frente dessa jornada, conta que o antigo portal do TJRJ era baseado em frases e palavras, enquanto que o novo usa ícones.  

“É mais intuitivo e mais prático. A possibilidade de gravar a petição e manter o trabalho salvo, a capacidade de exportar processos em PDF e o fim do captcha, demandas antigas da advocacia do Rio de Janeiro, são vantagens”.

A implantação das novas plataformas/ferramentas do processo eletrônico pela Justiça estadual vem mobilizando a OABRJ tanto no eixo educativo (até aqui, 9.200 advogados e advogadas já se inscreveram nas ações de treinamento envolvendo o TJ "Navegando no PJe do TJRJ" e "Navegando no Novo Portal do TJRJ") quanto na busca constante por interlocução com o tribunal para corrigir a instabilidade e buscar sempre a melhor usabilidade dos sistemas pela advocacia.

Maria Luciana destaca que é fundamental o engajamento dos colegas nas ações de capacitação. 

"Nos últimos meses, apesar de todos os alertas, o número de inscritos e participantes vem caindo, o que é extremamente preocupante, considerando a integração dos juizados ao PJe e a substituição do DCP pelo Novo Portal, o que impacta a todos os advogados e advogadas que atuam na justiça comum, independentemente da matéria".