Promessas de campanha do presidente da Seccional, Luciano Bandeira, o Portal da Transparência da OABRJ e o programa Anuidade Zero foram lançados na manhã desta sexta-feira, dia 13, durante o II Colégio de Presidentes de Subseção do triênio 2019/2021, realizado em Macaé. A prestação de contas detalhadas vai ao encontro das melhores práticas institucionais e permitirá que os colegas acompanhem a aplicação dos recursos. Já o programa Anuidade zero possibilitará aos advogados o abatimento de parte da anuidade de acordo com valores gastos em lojas parceiras. "Com isso, depois da inauguração da Nova ESA, conseguimos entregar, ainda no primeiro ano de gestão, os principais compromissos feitos no período eleitoral", celebrou. As páginas do Portal da Transparência e do programa Anuidade Zero estarão disponíveis para os colegas a partir de outubro.

O Portal da Transparência da OABRJ detalhará os repasses, os gastos com setores administrativos e com quadro funcional, apresentando gráficos e mapa interativo com as despesas específicas de cada subseção. Durante a apresentação, Luciano ressaltou a necessidade de dar visibilidade ao investimento feito em cada um dos mais de 200 pontos de atendimento nas 63 subseções do estado.

O tesoureiro da Seccional, Marcello Oliveira destacou o trabalho realizado pelo departamento financeiro da Ordem durante a estruturação do portal. "Luciano nos fez perseguir esta meta e, nos últimos meses, imergimos nos números a fim de possibilitar à advocacia o acesso a informação. Não podemos cobrar de outras instituições sem fazer o dever de casa", explicou.

O projeto Anuidade Zero também foi detalhado por Luciano na manhã desta sexta-feira. Trata-se de um programa de "cashback" que permitirá aos colegas reverter parte do valor gasto em lojas parceiras em abatimento na anuidade da Ordem, tudo feito com clareza e de forma automática. "Fechamos convênios com as principais redes de varejo. Compreendemos o momento difícil pelo qual passa a advocacia e seguiremos trabalhando na busca de benefícios para a classe", afirmou Luciano.