Nesta segunda-feira, dia 5, a OABRJ, por meio de sua Diretoria de Inclusão Digital e Inovação, havia pedido a suspensão dos prazos por conta de instabilidade e falhas nos dois sistemas de peticionamento eletrônico do Tribunal de Justiça. A permanência do problema fez com que a Ordem emitisse um novo pedido à corte no final desta terça, 6: suspensão dos prazos de todos os processos eletrônicos a partir do dia 2 de julho até que o serviço seja regularmente restabelecido. 

De acordo com os relatos dos colegas, os problemas foram registrados em todas as regiões do estado, o que impossibilitou o acesso de profissionais e jurisdicionados aos autos eletrônicos, bem como o cumprimento de prazos processuais.  

Em seus ofícios, a Seccional reforça a necessidade urgente de resolução dos problemas apontados, uma vez que as falhas acontecem de forma reiterada, inclusive sendo tema de diversos encontros entre representantes da Ordem e da corte e de pesquisa recente organizada pela Diretoria de Inclusão da Seccional