Após uma série de ações junto ao TJRJ para levar à corte problemas que a advocacia vem enfrentando com o processo eletrônico no âmbito da Justiça Estadual, em especial após o início da transição do sistema do tribunal para um novo portal, a OABRJ lança nesta segunda-feira, 24, uma pesquisa para traçar um relatório detalhado das demandas dos colegas.

O formulário visa a aferir como foi a relação dos advogados e advogadas com o TJRJ durante este período de pandemia e como está sendo o uso de cada uma das ferramentas disponibilizadas pela corte. Para participar, basta fazer login na Área Restrita aqui do Portal. Lá, há um banner direcionando os colegas ao questionário. Esta autenticação é necessária para garantir que apenas advogados regularmente inscritos nesta Seccional participem. A pesquisa poderá ser respondida até o dia 7 de junho.

As perguntas são, em sua maioria, de múltipla escolha, com alguns campos para preenchimento a fim de que a Diretoria de Inclusão Digital e Inovação da OABRJ entenda detalhes das trajetórias dos colegas nos sistemas do TJRJ.

O questionário é um desdobramento do trabalho que o grupo vem realizando desde abril, recolhendo por email os relatos de colegas com suas queixas detalhadas sobre os problemas técnicos junto à corte. A ideia do presidente da OABRJ, Luciano Bandeira, é obter com esse questionário uma real fotografia das demandas, que irá orientar os futuros diálogos com o tribunal.

Pesquisa faz parte de um pacote da Seccional de apoio à transição do sistema da corte


Diretora de Inclusão Digital e Inovação da OABRJ, Maria Luciana Pereira de Souza frisa que a pesquisa chega como um importante acréscimo no conjunto de medidas que a Seccional vem tomando para minimizar os impactos da dificuldade de acesso à Justiça Estadual pela via digital.

"Nós intensificamos e ampliamos as turmas de qualificação para o Novo Portal do TJRJ [há opções de cursos até o fim de maio com vagas abertas], uma ação que só no seu primeiro mês já atendeu a mais de 1500 advogados. Nós estamos gravando também conteúdo que ficará disponível para todos no canal da OABRJ no YouTube. Além, claro, de uma comunicação constante com a Diretoria-Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados do TJRJ. Estamos trabalhando em todas as frentes para amparar os colegas".

Maria Luciana lembra que, institucionalmente, a Diretoria pleiteou e conseguiu, junto à corte, a prorrogação do portal legado do TJRJ, que permanece em funcionamento até o dia 17 de junho para os colegas que ainda estão com dificuldades com o Novo Portal.