Faleceu na madrugada desta segunda-feira, dia 12, aos 90 anos, o ex-presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) Theophilo de Azeredo Santos. A Seccional lamenta profundamente a perda do ilustre advogado, que será velado na próxima quarta-feira, a partir das 13h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O sepultamento está marcado para as 15h.

Theophilo de Azeredo Santos presidiu o IAB entre 1972 e 74, após ter sido 1º vice-presidente da entidade de 1966 a 68. Em 1982, foi homenageado pelo instituto com a outorga da Medalha Teixeira de Freitas, honraria concedida em reconhecimento aos trabalhos publicados produzidos, bem como por sua contribuição ao Direito e à Justiça. Foi laureado, ainda, com a Ordem do Mérito da República Italiana (1985), o Colar do Mérito Judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (1994) e a Medalha Comemorativa do Centenário do Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira (2003).

Santos também foi professor de Direito e é o autor de obras como A reforma da Lei de Falências e os direitos trabalhistas, Manual do Direito Comercial e A ética na vida empresarial. Além de sua atuação marcante no IAB, esteve à frente de instituições como a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Comitê Brasileiro da Câmara de Comércio Internacional (ICC) e o Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA).

O colega deixa esposa, três filhos e cinco netos.