Circula nas redes sociais da advocacia a informação incorreta de que o uso da plataforma adotada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Cisco Webex, para fins de realização de atos judiciais, passaria a ser cobrado do colega ou das partes. A Diretoria de Inclusão Digital e Inovação da OABRJ averiguou com a Cisco que não haverá qualquer cobrança ou limite de tempo imposto aos participantes dos atos judiciais remotos, pois estes estão inseridos na licença adquirida pelo Poder Judiciário.

A Cisco Webex, no entanto, pode também ser utilizada de forma particular para que um colega realize reuniões com clientes, aulas, palestras ou até happy hours. Neste caso, quando um advogado se inscreve de forma particular, o uso gratuito é de 50 minutos

“Quem desejar estender esse tempo nos casos de uso pessoal da plataforma deve aderir aos planos oferecidos”, explica a diretora Maria Luciana Pereira de Souza.