Advogados e advogadas criminalistas que frequentam o presídio Frederico Marques, em Benfica, encontram, desde a manhã desta segunda-feira, dia 16, um ambiente com mais conforto e melhores condições de trabalho na unidade. Uma comitiva da Seccional liderada pelo presidente Luciano Bandeira esteve no local para inaugurar nove parlatórios, além de uma sala de espera para os colegas. Os novos espaços são frutos de uma parceria da Seccional com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Luciano aprovou as novas instalações e destacou a importância de locais dignos para advogados e advogadas atenderem seus clientes. "Esta entrega melhora de forma significativa o duro cotidiano da advocacia criminal. Vamos seguir com nosso objetivo de aprimorar o dia a dia dos colegas de todas as áreas, em todos os locais do estado. É fundamental que a classe sinta-se amparada pela Ordem", afirmou.

Segundo o convênio com a Seap, a Ordem fornece o material de construção e os próprios presos fazem as reformas. Em Benfica, foram executados o rebaixamento do teto, a instalação de ar condicionado e de novos interfones, a troca de piso e a criação de uma sala de espera climatizada, com sofá, cadeiras, televisão, bebedouro e banheiros.

Presidente da Comissão de Prerrogativas da OABRJ e tesoureiro da Seccional, Marcello Oliveira fez parte da comitiva e elegeu a melhora das estruturas de atendimento nos presídios como o principal desafio da Ordem, no que se refere à advocacia criminal. "Estamos nos empenhando demais nesse aspecto e fico feliz em perceber a sensibilidade da Seap para a execução desta missão conjunta".

O secretário de Estado de Administração Penitenciária, coronel Marco Aurélio Santos, fez coro com Marcello e ressaltou que as melhorias não atingem apenas advogados e advogadas. "São aprimoramentos para todos. Um ambiente bom é fundamental, também, para agentes e detentos. Tentaremos aumentar esta parceria em outras unidades e criar um cronograma de trabalho. Quanto mais investimos, mais retorno damos à sociedade", considerou.

A ampliação deste trabalho coletivo citada pelo coronel Santos já está sendo planejada pelo presidente da Comissão de Políticas Criminal e Penitenciária da OABRJ, Rodrigo Assef. Ele afirmou que já existem conversas para a reforma de espaços nos presídios Evaristo de Moraes, na Quinta da Boa Vista; Jonas Lopes, no Complexo de Gericinó; e Tiago Teles, em São Gonçalo. De acordo com o presidente da Caarj, Ricardo Menezes, que também compareceu à inauguração nesta segunda-feira, "o trabalho realizado pela Ordem vai amenizar grandes problemas e conferir ainda mais dignidade à profissão".

Completou a comitiva da Seccional a presidente das comissões estadual e nacional da Jovem Advocacia, Amanda Magalhães.