Encerrando uma série de quatro eventos no âmbito do 1º Fórum OABRJ de Direito, Tecnologia da Informação e Inovação da OABRJ, a Diretoria de Inclusão Digital e Inovação da Seccional anunciou, na live que foi ao ar na tarde desta terça-feira, dia 29, no canal da OABRJ no YouTube, uma grande novidade para a advocacia, que se viu nos últimos meses tendo que lidar de forma urgente com a transição tecnológica em seu labor. A Ordem acabou de firmar um convênio com a empresa Cisco, que ajudará na capacitação dos colegas. 

À frente da diretoria e também da Comissão de Direito e Tecnologia (CDTI) da OABRJ – os dois grupos realizadores do fórum -, Maria Luciana de Souza foi quem trouxe as boas notícias, comemorando a parceria que, segundo ela, fortalecerá ainda mais o trabalho que a Seccional vem realizando de auxílio à classe. 

“É com muito orgulho e alegria que anuncio essa parceria, parte de uma iniciativa global que está sendo promovida pela Cisco. A empresa está produzindo todo um material voltado para a qualificação e capacitação dos advogados e advogadas do Estado do Rio de Janeiro, pensando especificamente na nossa realidade, nos tribunais em que atuamos. E essa é só uma das ações”, explicou Maria Luciana, contando que em um futuro próximo serão divulgados os próximos passos da parceria. 

Presente no encerramento do evento, o presidente da OABRJ, Luciano Bandeira, concentrou seu discurso na ideia de que não é mais possível lutar contra a tecnologia. “Neste momento da pandemia vivenciamos esse avanço da tecnologia no nosso meio profissional de forma muito rápida, mas, de certa forma, nós já estávamos vislumbrando essa realidade. Cada vez mais a advocacia vai ter que lidar com a virtualização e nós temos que nos adaptar a este mundo novo”. 

Ele continuou: “Nossa advocacia vai cada vez mais precisar estar interligada com a tecnologia, com a inteligência artificial e esse não é um futuro que afasta pessoas e nem que toma a possibilidade de desenvolverem suas carreiras e profissões. O que precisamos é que cada colega entenda que estamos em um momento de transição e que ela pode ser acompanhada e superada com a formação. E a Ordem está aqui pra isso, com nossos convênios, nossos parceiros, como a Cisco, e com o trabalho que a Maria Luciana vem desenvolvendo à frente da Diretoria de Inclusão Digital e Inovação. Vamos preparar a advocacia para o futuro”.