Presidente da OAB/Maricá, Eduardo Carlos de Souza entregou nesta quinta-feira, dia 29, à presidente do Banco Mumbuca, Manuela Mello, uma proposta de parceria para liberação de crédito para a advocacia da cidade. A reunião contou com a participação do vice-prefeito, Diego Zeidan.

Com a pandemia e a virtualização total da Justiça, aumentou a necessidade de advogados e advogadas adaptarem seus locais de trabalho à nova realidade. "Os colegas precisam comprar equipamentos eletrônicos mais modernos para essa nova fase do Judiciário. Em breve, o processo físico será coisa do passado", adiantou o presidente da subseção.

Caso a proposta da Ordem local seja aceita, toda a advocacia inscrita na subseção terá acesso à linha de crédito. O Banco Mumbuca opera por meio da plataforma e-dinheiro para todos os serviços encontrados em um banco tradicional, como pagamento de contas e transferências. 

Eduardo Carlos, Manuela Mello, Diego Zeidan e Larissa Lamassa

Para o vice-prefeito de Maricá, a medida é importante para o município. "Vai gerar renda e fortalecer o comércio, além de ser uma vitória para advocacia", assinala Diego Zeidan.

A expectativa da subseção é de que o convênio seja assinado em agosto, como parte das comemorações pelo Dia da Advocacia.

A assessora jurídica do Banco Mumbuca, Larissa Lamassa, também participou da reunião.