O último destino das comitivas da OABRJ e da Caarj nesta sexta-feira, dia 30, foi Cabo Frio. O dia todo foi dedicado à entrega a subseções da Região dos Lagos de equipamentos e melhorias em pontos de atendimento da Ordem. 

O presidente da OABRJ, Luciano Bandeira, foi recepcionado pelo da OAB/Cabo Frio-Arraial do Cabo, Kelven Lima, e por membros da diretoria daquela subseção na sala que a Ordem mantém no fórum da comarca. O local teve a capacidade disponível para o uso dos colegas ampliada. A bancada ganhou mais baias e, assim, a quantidade de computadores pôde saltar de quatro para oito, pois a nova arquitetura permitiu aumentar o número de máquinas sem perder de vista o distanciamento social, reservando ainda espaço para a instalação de mais aparelhos no futuro.

Acompanharam Luciano a vice-presidente da OABRJ, Ana Teresa Basílio; o secretário-geral da Seccional, Álvaro Quintão; o tesoureiro, Marcello Oliveira; e o secretário-adjunto e diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Fábio Nogueira; o assessor-executivo da Presidência da Seccional, Carlos André Pedrazzi, e a presidente da OAB Jovem da Seccional e do Conselho Federal, Amanda Magalhães.

A Caarj esteve representada pelo presidente, Ricardo Menezes; a vice, Marisa Gaudio; o secretário-geral, Mauro Pereira dos Santos; o tesoureiro, Frederico Mendes; e o procurador Romualdo Mendes de Freitas Filho.

O ex-presidente da OAB/Bangu Ronaldo Barros, e o presidente do Sindicato dos Advogados do Estado, Claudio Goulart, também prestigiaram a visita. 

“Vamos continuar ao lado dos advogados e advogadas que estão no fórum, militando no dia a dia da Justiça, e seguir reafirmando em todas as nossas iniciativas os três eixos de atuação desta gestão: o zelo às prerrogativas, a oferta de serviços e o incremento das estruturas. Atingiremos a marca dos 300 escritórios digitais até o fim do ano”, afirmou Luciano. 

Kelven sublinhou a importância do investimento dos espaços oferecidos aos colegas pela Ordem.

“Com a reforma que a Seccional realizou, a dinâmica de funcionamento da sala no fórum melhorou, ficou mais ampla e mais equipada. Isso traz dignidade à advocacia. Muitos perderam seus escritórios com a pandemia e procuram cada vez mais os equipamentos instalados no fórum ou na sede”.