Marcados pelo debate e participação em grandes questões em voga, os últimos dias foram movimentados na OABRJ. Iniciada pela participação do presidente da Seccional, Luciano Bandeira, em live da Comissão Nacional de Defesa da República e da Democracia, do Conselho Federal, a semana contou com o lançamento de prêmio e eventos que trataram de temáticas como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que está na iminência de entrar em vigor.

A aderência da OABRJ à campanha nacional #OABPelaDemocracia se deu no último domingo, 23, com o debate que reuniu, além de Luciano, todos os presidentes de seccionais do sudeste para buscar, juntos, a sensibilização de toda a classe para a defesa dos direitos e garantias fundamentais da Carta Cidadã.

Já na terça, 25, foi lançado pela Comissão de Mediação e Métodos Consensuais da OABRJ (CMC), em evento transmitido no YouTube da OABRJ, o Prêmio Cultura da Paz. Homenageando o advogado Ivan Kolling, a iniciativa irá homenagear personalidades e ações que impulsionam a solução consensual de conflitos no Brasil, divulgar e valorizando essas práticas de sucesso.

Realizada pela Comissão de Proteção de Dados e Privacidade da Seccional em conjunto com a Proteste, a Maratona LGPD abordou, no momento em que o Congresso Nacional decidia pela prorrogação ou não da entrada em vigor da Lei nº 13.709/2018, aspectos importantes desta legislação que precisam ser conhecidos pelos colegas que irão trabalhar com ela. O evento, transmitido pelo canal da Proteste no YouTube, durou de terça, 25, até quarta, 26.

Ainda no dia 25, a Diretoria de Mulheres da OABRJ, em parceria com a Caarj e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) realizou a segunda edição deste ano da série 'As especialistas', que traz profissionais mulheres com experiência em diversos temas do mundo jurídico para palestrar sobre questões que envolvem ou não a questão de gênero.

A semana ainda contou com palestra da Comissão Especial de Assuntos Tributários (Ceat) sobre os impactos do CPC no Processo Tributário, no YouTube; com debate da Grupo de Estudos da Comissão de Mediação de Conflitos (CMC), por Zoom, sobre o cenário atual da mediação na esfera trabalhista; ccom o 1º Webinar Nacional da Comissão de Celeridade Processual da OABRJ, sobre as principais perspectivas da área; e com evento da Diretoria de Mulheres em conjunto com a Diretoria de Inclusão Digital e Inovação abordando como o processo eletrônico e os atos processuais por videoconferência podem ser instrumentos de promoção de igualdade e inserção da mulher advogada no mercado de trabalho.