A partir desta quarta-feira, dia 1º, o Instagram da Comissão OAB Jovem começa a exibir uma série semanal de vídeos curtos produzida pelo grupo para tirar dúvidas recorrentes das advogadas e advogados em início de carreira. Chamado “Fica a dica”, o projeto estreia abordando os critérios para se usar o instrumento “pela ordem”. Quem explica o conceito é a integrante da comissão Sarah Pattiele, responsável pela coordenação da iniciativa.

Pattiele conta que a escolha do tema inaugural se deveu ao desconhecimento que muitos colegas têm desta prerrogativa.

"É essencial para a dignidade do exercício profissional, porque a expressão 'pela ordem' em um julgamento garante ao advogado o direito de intervir de maneira imediata para sanar possíveis dúvidas ou equívocos que estejam ocorrendo e que possam influenciar no julgamento da demanda. Serve  também para evitar possíveis abusos que estejam sendo praticados contra o profissional, seu cliente ou sua testemunha"

A intenção foi também deixar claro para colegas em início de carreira que suscitar o chamamento da ordem em uma audiência para esclarecer a fala de sua testemunha, por exemplo, não depende de consentimento do juiz, já que é um direito do advogado e eventual registro equivocado na ata pode prejudicar a defesa do seu cliente.

A presidente da OAB Jovem da OABRJ e da Comissão Nacional da Jovem Advocacia (vinculada ao Conselho Federal), Amanda Magalhães, diz que os demais vídeos do projeto abordarão temas que geram dúvidas recorrentes no colega iniciante, como o empreendedorismo, gestão de escritórios, as alterações recentes nas regras da publicidade jurídica, precificação e as prerrogativas.

"A ideia é levar à jovem advocacia conteúdo jurídico prático para o dia a dia”.

Acompanhe as redes sociais da OAB Jovem (@oabjovemrj no Instagram e @oabrjjovem no Facebook) e fique por dentro das dicas.