Na tarde da última quarta-feira, dia 5, o presidente da OABRJ, Luciano Bandeira, recebeu uma comitiva do TRT1 na recém inaugurada Central de Escritórios Digitais do Edifício Rodolpho De Paoli, no Centro do Rio. O grupo do tribunal, liderado pela presidente da corte, desembargadora Edith Tourinho, foi conhecer os instrumentos oferecidos pela Ordem para possibilitar o pleno exercício da advocacia. 

Com o aparato do novo espaço - 17 salas equipadas para que advogados e advogadas possam receber seus clientes, realizar reuniões e participar de audiências por videoconferência -, a Seccional conta com 79 escritórios digitais só nessa região central.

Ainda na Capital, há salas em todos os fóruns regionais, duas casas - Celso Fontenelle e Paulo Saboya -, e pontos de apoio no JEC da Tijuca e na Cidade da Polícia, em Benfica. Na região, estão, também, as sedes da OABRJ, da Caarj, da ESA e de nove subseções: Bangu, Barra da Tijuca, Campo Grande, Ilha do Governador, Leopoldina, Madureira/Jacarepaguá, Méier, Pavuna e Santa Cruz. 

Mapa interativo facilitou consulta aos espaços da Ordem


Para facilitar a consulta às principais informações sobre todos esses pontos de atendimento, o Portal da OABRJ conta, desde abril, com um mapa interativo na área de "Serviços" do menu principal. 

Na região do mapa dedicada à Capital, os espaços do Centro do Rio podem ser consultados no marcador “OABRJ”. Ao clicar no nome de cada subseção é possível descobrir os horários de funcionamento e os serviços disponíveis, como centrais de peticionamento e escritórios digitais. 

Por conta da pandemia, o funcionamento dos espaços da Seccional segue novas regras. Para manter sua estrutura aberta e garantir a segurança daqueles que usam suas dependências, a Ordem adotou cuidados rígidos preconizados pelo protocolo de prevenção de contágio da Covid-19, elaborado por uma empresa de medicina laboral.

Visita à Central de Escritórios Digitais


Além de Luciano Bandeira, a comitiva do TRT1 foi recebida pelo presidente da Caarj, Ricardo Menezes, e pela vice-presidente da Caixa e diretora de Mulheres da Seccional, Marisa Gaudio.

"É fundamental frisar que todo o aparato oferecido pela Ordem aos colegas para possibilitar o pleno exercício da advocacia é importante, também, para os tribunais, já que agiliza a realização de audiências e contribui para a resolução de eventuais gargalos no Judiciário", destacou o presidente da OABRJ no encontro.

Ricardo Menezes, Marisa Gaudio e Luciano Bandeira ao lado da comitiva do TRT1