CDAP pede que atos processuais sejam declarados suspensos

 

 

Da Tribuna do Advogado

 

20/09/2007 - Na última quarta-feira, dia 19, o presidente da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (CDAP) da OAB/RJ, Marco Enrico Slerca, encaminhou ofício ao corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Luiz Zveiter, solicitando que sejam declarados suspensos os cursos dos prazos processuais relativos ao período em que a Corregedoria reconheceu a paralisação funcional dos servidores do TJ.

 

Conforme o Ato Executivo Conjunto 146/2007, o corregedor-geral e o presidente do TJ, desembargador Murta Ribeiro determinam aos juízes que informem à Corregedoria Geral da Justiça todos os atos judiciais que tenham sido adiados em razão do número de faltas ou retardamentos ocorridos a partir do dia 17 de setembro de 2007.