A Caarj, em parceria com a Comissão OAB Mulher e a Diretoria de Mulheres da OABRJ, criou uma nova frente no combate e enfrentamento à violência doméstica inaugurando, nesta quarta-feira, 14, uma sala exclusiva para o atendimento às advogadas que sofreram este tipo de abuso.

“Nós precisamos entender que a violência contra a mulher é a mais 'democrática' que existe, pois está em todas as classes sociais e em todas as profissões. A Caarj, percebendo isso, já vem dando auxílio de outras formas para mulheres advogadas e agora, de forma pioneira, inaugura este espaço”, disse Marisa Gaudio, vice-presidente da Caixa e diretora de Mulheres da OABRJ.

Ainda em 2020, a Caixa de Assistência desenvolveu o Auxílio Proteção, que apoia financeiramente a advogada para viabilizar sua saída do ambiente doméstico violento. E proporciona também atendimento psicossocial online.

“Essa sala é simples, mas bem aconchegante e bonita. Um local seguro para receber nossas colegas neste momento de tanta dificuldade”, afirmou Ricardo Menezes, presidente da Caarj.

O atendimento, desde a marcação até o endereço da sala, está sob sigilo. “Peço que essas advogadas façam contato com a Caarj, pois iremos atender com muito sigilo, carinho e o respeito que todas merecem”, reforça Menezes.

Rebeca Servaes, presidente da OAB Mulher, recebeu diversas denúncias de violências sofridas por advogadas ao longo da pandemia. “Nós tivemos um agravamento dos números e é muito importante que a nossa instituição tenha iniciativas para a proteção da mulher. Essa sala, em especial, veio para coroar a proteção à mulher advogada vítima de violência”, observa.

A solicitação de suporte pode ser realizada pelo email [email protected] ou via celular e WhatsApp (21)98894-9305. O atendimento será feito de forma sigilosa e todas as informações, como dia de atendimento, horário e local, serão informados somente após o primeiro contato.