A aula inaugural do curso 'Direito do Trabalho e as novas tecnologias' deu o pontapé inicial à nova fase da parceria da OABRJ com a Universidade de Coimbra: turmas a distância. Realizado nesta segunda-feira, 9, o evento contou com a participação de integrantes da Ordem, da Caarj e da magistratura brasileira, além de representantes da universidade. 

Por conta das medidas restritivas impostas pela pandemia de Covid-19, os cursos de extensão, sucesso no último ano, ganharam esse novo formato. A parceria, parte do projeto de capacitação internacional promovido pela Comissão de Relações Institucionais da Seccional, conta com o apoio da Caarj.

Presidente da comissão da Ordem e diretor de Comunicação da Seccional, Marcus Vinicius Cordeiro destacou como é gratificante ver esse projeto ganhar corpo: 

"Possibilitar aos colegas o acesso a essa universidade histórica é gratificante. Expressei essa vontade assim que assumi a comissão e vejo agora os frutos através de uma turma cheia. Possibilitar a continuidade desse projeto neste ano de pandemia, migrando para o ambiente digital, reflete nossa intenção de seguir nesse caminho.  Para a amizade e para o coração não há barreiras. Para o conhecimento também não".

Para o presidente da Caarj, Ricardo Menezes, esse projeto cumpre uma função social relevante, pois pavimenta o caminho para que a advocacia tenha acesso à educação de alto nível.

Professor do curso de Direito do Trabalho e novas tecnologias, João Leal ressaltou a relevância do tema, definido quando o cenário virtual imposto pela pandemia ainda não era uma realidade: 

"Não podia ter sido mais oportuna a escolha do tema. Falamos há tempos sobre um curso centrado no impacto das novas tecnologias no Direto do Trabalho, mas não imaginávamos que essa questão fosse ter tanto protagonismo. A pandemia mudou a forma de se trabalhar o Direito. Outra coincidência é o início do curso se dá justo no dia em que Portugal voltou a declarar o estado de emergência", destacou.  

Idealizador do tema e coordenador do projeto, o vice-presidente da Comissão de Relações Institucionais da OABRJ, Paulo Renato Silva salienta que a parceria está focada em pautas que destaquem o debate democrático e a dialética. "Temas importantes para a atualidade, como a questão da tecnologia, e sendo acessível a colegas de diversas partes do país". 

Esta primeira turma conta com participantes da Bahia, do Espírito Santo, de Minas Gerais, de Brasília, além dos inscritos no Rio de Janeiro. 

A aula inaugural contou, ainda, com a presença do presidente da Associação Brasileira de Magistrados do Trabalho (ABMT), Otávio Amaral Calvet, da presidente da Associação dos Juízes do Trabalho (Ajutra), Claudia Marcia de Carvalho Soares, e da desembargadora do TRT1 Dalva Amélia.

Ainda há vagas para o Curso de Especialização em Direitos Humanos e Novas Tecnologias, previsto inicialmente para janeiro de 2021, e para os cursos de férias nas áreas trabalhista, civil-empresarial, consumidor e constitucional. Mais informações sobre o projeto de capacitação internacional e os valores podem ser obtidas no email [email protected]