Notícias
07/03/2016 – 17h28 | última atualização em 07/03/2016 – 18h02

Revista em fóruns é a principal reclamação na Região dos Lagos

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Na reunião zonal realizada em Saquarema na última sexta-feira, dia 4, os presidentes das subseções da Região dos Lagos pediram igualdade de tratamento nas revistas realizadas na entrada dos fóruns. O presidente da Subseção de Saquarema, Miguel Saraiva, explicou que os colegas precisam passar por um detector de metais na entrada dos tribunais da cidade. "O Direito tem que ser para todos. Se em alguns lugares os advogados só precisam mostrar a carteira da OAB para ter acesso aos fóruns, isso tem que ser estendido para todo o estado", defendeu. Em São Pedro da Aldeia e em Maricá o problema se repete. "É preciso padronização", disse a conselheira da OAB/Maricá Márcia Braz.

Como vem acontecendo em todas as zonais, os juízes auxiliares da Corregedoria do TJ participaram da reunião. O juiz Aroldo Pereira Junior explicou que esse é um problema relacionado à administração da Justiça, portanto cabe à presidência do tribunal e não à corregedoria, mas se comprometeu a fazer uma ponte para tentar resolver essa situação. "É razoável que os advogados do interior tenham o mesmo tratamento que os da capital. Vou me reunir com o juiz auxiliar da presidência e com o diretor de segurança do TJ e levar essas reclamações a eles", prometeu.
 
Outro assunto recorrente nas zonais, a remoção de servidores também foi discutida na Região dos Lagos. Segundo os juízes, a região está relativamente equilibrada, mas uma revisão está prevista para depois de seis meses da mudança. O tesoureiro e diretor de Prerrogativas da Seccional, Luciano Bandeira, elogiou a iniciativa da Corregedoria em participar dos encontros e afirmou que "o advogado tem que aproveitar essa oportunidade de diálogo com o tribunal". 

Para o diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Carlos André Pedrazzi, as zonais são para discutir as questões relativas ao funcionamento das subseções e é muito importante que o tribunal esteja presente para ouvir as demandas relacionadas à jurisdição. A diretora de inclusão digital da OAB/RJ, Ana Amelia Menna Barreto, destacou as dificuldades na implantação do processo eletrônico e defendeu que é preciso capacitar os serventuários.
 
Os presidentes das recém-criadas subseções de Casimiro de Abreu, Naildo Borges Macabu e de Iguaba Grande, Margoth Cardoso, serão empossados dia 14, mas já participaram da reunião zonal. Para Margoth, o término das obras no novo fórum de Iguaba Grande é uma prioridade, já que o atual não tem estrutura e acessibilidade. Também participaram da zonal os presidentes das subseções de Araruama, Rosana Jardim; de Búzios, Márcio José Teixeira; de Cabo Frio, Eisenhower Dias; de Rio das Ostras, Norma Teresa Ferreira e de São Pedro da Aldeia, Júlio Cesar dos Santos.
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)