Notícias
08/03/2019 – 14h50 | última atualização em 08/03/2019 – 18h35

Após pressão da OAB/RJ, BB reforça que advogado não precisa abrir conta para receber alvará

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Clara Passi
A Seccional continua empenhada em solucionar os gargalos que têm dificultado o relacionamento da advocacia com o Banco do Brasil, notadamente a queixa de que colegas têm sido forçados a abrir uma conta corrente no banco para receber alvarás e precatórios. Depois de uma reunião com representantes do BB, em 26 de fevereiro, a Ordem foi comunicada, através do procurador-geral Alfredo Hilário, de que a instituição financeira reforçará o descabimento da exigência junto aos gerentes.
 
O banco também se comprometeu a reforçar a comunicação interna de modo que todas as agências do Rio de Janeiro liquidem precatórios e agilizar a implantação do mandato eletrônico no TRT. No encontro, os representantes do BB pediram que os advogados passem a informar seus dados bancários no final do processo, no momento em que o alvará for expedido, de forma a agilizar os procedimentos. 
 
Marcello Oliveira, presidente da Comissão de Prerrogativas da Ordem, orienta aos advogados e advogadas que noticiem qualquer problema de relacionamento que tenham com o Banco do Brasil aos canais da Comissão de Prerrogativas. O grupo acaba de criar um número no Whatsapp para receber denúncias de violações: (21) 99803-7726.
 
“Peço que sejam muito firmes quanto à desnecessidade de abrir contas correntes do Banco do Brasil, porque isso é uma exigência descabida dos gerentes de agência, como ficou claro na reunião”, afirma ele, que pede que também que os colegas se insurjam contra qualquer exigência de nova procuração, já que esse ato de levantamento de alvarás e precatórios nada mais é do que uma extensão daqueles poderes conferidos ao advogado no processo judicial.
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)