Notícias
06/12/2017 – 15h16 | última atualização em 06/12/2017 – 15h38

Seccional sedia encontro carioca de Direito Cooperativo

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliar
Na manhã desta quarta-feira, dia 6, teve início o encontro carioca de Direito Cooperativo, realizado em parceria da Comissão Especial de Direito Cooperativo (CEDC) da OAB/RJ com a Organização das Cooperativas do Rio de Janeiro (OCB/RJ).
 
O encontro contou com a palestra magna do professor titular emérito da Universidade dos Andes Alberto Garcia Müller. “É um privilégio tê-lo aqui”, disse o presidente da CEDC, Ronaldo Gáudio. “A sua participação em uma de nossas atividades é um desejo antigo da comissão. Espero que possamos fazer com que essa seja a primeira de muitas visitas e que os projetos estruturantes que temos pela frente tenham a sua participação direta e ostensiva”, disse.
 
Müller falou sobre o papel da legislação para o desenvolvimento das cooperativas. “Há um consenso de que não é possível a existência de um cooperativismo próspero sem a presença de um marco legal adequado que permita seu desenvolvimento, sobretudo em sociedades de direitos escritos, como as nossas”, afirmou.
 
Representando o Instituto Brasileiro de Estudos em Cooperativismo (Ibecoop) na abertura do encontro, Ângelo Galatoli defendeu a importância da realização de eventos com a função de difundir o tema. “No meio jurídico existem muitas dúvidas em relação ao cooperativismo, as pessoas não conhecem, os magistrados também não, então todo evento nesse sentido é sempre muito bem-vindo”.
 
O diretor financeiro do OCB/RJ, Vinicius Mesquita, também reforçou a necessidade de falar mais sobre cooperativismo para a sociedade. “As instituições que representam o tema no Brasil precisam fazer uma leitura interna e rever a forma de tratar, tanto com a sociedade no geral quanto com os cooperados. Se essa relação não for construída, a gente não vai conseguir transformar a sociedade através do cooperativismo, como a gente quer”, defendeu.
 
Presidente do OCB/RJ, Marcos Diaz, concordou com as falas anteriores. “A gente entende que o nosso cooperativismo só vai avançar quando efetivamente a academia e os grandes pensadores do mundo todo estiverem unidos em prol do desenvolvimento econômico, que é o que o cooperativismo faz”, concluiu.
 
Após a palestra magna, os debates abordaram a reforma trabalhista e cooperativas e também as resoluções do Conselho Monetário Nacional e a aplicação dos valores cooperativos. No evento também foram lançadas as obras Atualidades do Direito Cooperativo Previdenciário e Cooperativismo financeiro: resoluções do Conselho Monetário Nacional sob a perspectiva dos valores cooperativos.
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)