Notícias
02/08/2017 – 15h08 | última atualização em 02/08/2017 – 15h46

OAB/RJ oficializará reclamações contra magistrados de Cabo Frio

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Foto: Lula Aparício   |   Clique para ampliar
As reiteradas queixas de advogados contra os juízes responsáveis pelas 1ª e 3ª varas cíveis de Cabo Frio serão encampadas pela Comissão de Prerrogativas da Seccional, informou o presidente do grupo e tesoureiro da OAB/RJ, Luciano Bandeira. Ele conversou com colegas do município na tarde desta terça-feira, dia 2, na sede da subseção, em encontro que fez parte da programação da Caravana de Prerrogativas.

A dificuldade em despachar com os dois magistrados foi o principal motivo da indignação dos colegas. O presidente da OAB/Cabo Frio, Eisenhower Dias Mariano, subscreveu as reclamações e apoiou a atitude da Ordem, enquanto Luciano informou que vai oficiar à Corregedoria do Tribunal de Justiça pedindo providências e solicitará uma reunião com o  corregedor-geral para tratar do assunto.

Aproveitando a oportunidade, o presidente da Comissão de Prerrogativas reforçou o pedido para que os advogados procurem a Ordem ao constatar qualquer violação. "Tomaremos as medidas em nome da entidade, os colegas não precisam se expor nem temer represálias", explicou. 

A criação do sistema estadual de defesa das prerrogativas foi outra questão abordada por Luciano. Ele detalhou a estrutura de atendimento da comissão e destacou a necessidade de constante atualização. "Estamos lançando a segunda edição de nossa cartilha, que conta com um capítulo exclusivo sobre as prerrogativas das advogadas, como preferências em sustentações para grávidas e lactantes. Outro assunto que tem chamado nossa atenção é a violação digital de prerrogativas", disse.

Os jovens e as mulheres mereceram destaque durante o debate sobre a união da advocacia. Luciano defendeu a integração como um fator preponderante para produzir uma mudança de olhar da sociedade em relação ao advogado e para diminuir o número de atitudes desrespeitosas contra colegas. “Uma advocacia que não abaixa a cabeça e não se curva não pode ser feita sem a participação das advogadas, que já são 50% dos inscritos. Muitas vezes, os desrespeitos vêm de uma noção distorcida que as pessoas têm da advocacia e de nossa importância para a sociedade” apontou. 

Completaram a caravana o procurador-geral da Seccional, Fábio Nogueira, o corregedor-geral da OAB/RJ, Rumualdo Freitas, e o presidente da OAB/Ilha do Governador, Luiz Carlos Varanda. A comitiva segue agora para as subseções de Rio das Ostras e Macaé.
 
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)