Notícias
01/08/2016 – 19h18 | última atualização em 02/08/2016 – 18h23

Teresópolis reinaugura auditório para comemorar os 50 anos

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Foto: Lula Aparício   |   Clique para ampliar
Totalmente reformado para aumentar a capacidade, o auditório da OAB/Teresópolis foi entregue à advocacia da cidade como um presente pela comemoração do cinquentenário da subseção. Durante o evento, o presidente da unidade, Rodrigo Ferreira, fez um breve histórico da relação da Ordem com a advocacia e a sociedade da cidade.
 
Ele lembrou do incêndio na antiga sede, do afastamento de dois prefeitos da cidade e também das enchentes na Região Serrana, em 2011. “No momento de maior catástrofe natural do país, a advocacia atendeu o chamamento da subseção para atender os vitimados pela tragédia”.

O diretor do Departamento de Apoio às Subseções (DAS), Carlos André Pedrazzi, agradeceu os ex-presidentes e advogados com mais de 50 anos de profissão, que foram homenageados com a medalha Sobral Pinto. “Esses colegas deram o seu suor e o seu trabalho em dedicação à subseção durante todos esses anos”.

A criação de subseções foi o primeiro passo para a interiorização da Ordem, mas, atualmente, entre sedes e salas no fórum, a OAB/RJ tem mais de 203 pontos em todo o estado. Essa presença maciça foi lembrada pelo presidente da Comissão de Prerrogativas e tesoureiro da Seccional, Luciano Bandeira. “É um compromisso com os advogados do Rio de Janeiro, que é a voz ativa da nossa entidade”, afirmou.

O coordenador do DAS na Região Serrana, Jefferson de Faria, que presidiu a OAB/Teresópolis por três mandatos, de 2007 a 2015 também ressaltou a importância da interiorização da Ordem. “Essa comemoração representa o reconhecimento da interiorização da Ordem, que saiu da Capital e se espalhou pelo Rio de Janeiro”.

Para o presidente da Seccional, Felipe Santa Cruz, a subseção é o lugar onde o advogado vai buscar socorro. “E a Ordem tem que estar atenta ao dia a dia do advogado, das coisas que doem no advogado. É a falta de transporte, o juiz que não atende, demandas que estão nas subseções. A Ordem hoje está voltada para isso”, disse.

Três advogados com mais de 50 anos de profissão receberam a medalha Sobral Pinto e os ex-presidentes receberam uma placa em homenagem ao trabalho pela subseção. O advogado Alvaro Ayres Pereira também foi homenageado.

Três advogados com mais de 50 anos de profissão receberam a medalha Sobral Pinto e os ex-presidentes receberam uma placa em homenagem ao trabalho pela subseção.
 
Prestigiaram o evento os presidentes das subseções de Campo Grande, Mauro Pereira; da Ilha do Governador, Luiz Carlos Varanda; de Mangaratiba, Ilson Carvalho; da Leopoldina, Talita Menezes; de Belford Roxo, Abelardo Tenório; de Iguaba Grande, Margoth Cardoso; de Petrópoilis, Marcelo Schaefer; de Cantagalo, Pedro Alves; de Cordeiro, Wilson Vieitas e de São Gonçalo, Eliano Enzo. O procurador-geral da OAB/RJ, Fábio Nogueira, os coordenadores regionais da Capital, Ricardo Menezes e da Baixada Fluminense, Sérgio Ricardo, o vice-presidente da Caarj, Frederico Mendes, e a secretária-adjunta da Caarj, Marisa Gaudio, também estiverem presentes. 
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)